Por que as pessoas se tornam tão grosseiras em um relacionamento íntimo?

Enquanto as relações são superficiais fica mais fácil manter um bom nível de comunicação, mas na medida em que vai se criando intimidade, é bastante comum perder a linha e partir para a estupidez. As pessoas simplesmente baixam a guarda e deixam que a besta guardada dentro de si, se manifeste. Depois de algum tempo você perde o respeito, começa a colocar o outro para baixo, diz qualquer coisa, ofende, agride e conforme for, parte para a violência física. Assim, você transforma seu amor em um saco de pancadas. Alguns são mais sutis e usam a tática do silêncio, colocando o outro na geladeira, outros fazem greve de sexo, muitos batem a porta, sem contar os que gritam. Tudo para vencer mais uma batalha da guerra que chamam de relacionamento amoroso. Por que isso acontece? Você quer controlar, quer dominar e age assim. Cada um nasce com um temperamento, mais ou menos agressivo, mas muito do que somos é aprendido com os modelos que temos na infância. Os irmãos brigam, numa eterna disputa. Os pais se tratam de qualquer jeito. O desrespeito impera. Uma pessoa que não teve uma boa educação emocional, com certeza se tornará um adulto insuportável. Por isso, todos nós precisamos passar por uma reeducação dos sentimentos. Precisamos entender e lidar melhor com nossa agressividade. Só assim nos tornaremos menos bélicos e mais amorosos.

Sergio Savian – psicanalista especializado em relacionamentos(agende uma consulta presencial ou à distância)

Além do ego: a nova ordem

texto de Sergio Savian*

Com as restrições radicais do momento, e não sabemos exatamente até quando isso vai, não é mais possível exercer o seu eu, ao menos da forma habitual. Se você estava acostumado com uma rotina, tem que mudar. Se tinha algumas compulsões, tem que rever. Se cultivava a vaidade, não importa mais. Se você se sentia superior ou inferior, sinto muito, isso é uma ilusão. Estamos todos juntos neste barco. Na verdade sempre estivemos, mas tínhamos dificuldade para perceber. Estávamos iludidos com as promessas do consumo. Achávamos que a felicidade e a infelicidade vinha de fora. Que alguém ou algo iria nos salvar. Estávamos apegados a uma vida superficial. Nos acostumamos a culpar os outros. Negávamos a realidade para vivermos num mundo de faz de conta, irreal. Agora tudo mudou. Você precisa olhar para si, se conhecer, abrir mão do que não serve mais. Ter mais responsabilidade por si mesmo. Colocar luz na própria sombra. Reconhecer seus erros. Parar de projetar os problemas nos outros. Você não pode mais sair por aí de forma irresponsável. Precisa sair da dependência doentia e entender a interdependência saudável. Vai ter que sair do individualismos radical para ser colaborativo. Vai ter que baixar a bola. Você não é nem mais nem menos que ninguém. Em espírito, somos todos iguais. Somos todo um. Este é o desafio. O mundo estava insano, puro ego. Agora é hora da saúde. Hora de cuidar de si em amplo sentido: do corpo, da mente, das emoções, do espírito. Este é um momento muito precioso, o momento da virada. Aproveite!

Se precisar de ajuda fale comigo no Whataspp 11 983839305

*Sergio Savian – psicanalista transpessoal

Programa “De bem com a vida”

É um programa para quem deseja sair do estresse, fazer uma boa reflexão sobre a vida e conectar-se com a paz interior. É realizado em Joanópolis, um recanto especial da Serra da Mantiqueira, orientado diretamente por Sergio Savian. O programa inclui hospedagem, alimentação saudável, meditação, contemplação, sauna seca, ofurô, massagem psico-espiritual e terapias.

Faça sua reserva no 11 98383 9305 ou no falecomsavian@gmail.com.